Compras na internet sem sustos

09-12-2010 08:32

 

Compras na internet sem sustos

por Eduardo Santana

Saiba como comprar com segurança na rede e o que fazer se algo der errado

A cada dia que passa, as compras pela internet se tornam cada vez mais comuns. A comodidade de comprar sem sair de casa e os preços competitivos atraem cada vez mais compradores. E com as festas de final de ano se aproximando, as transações online devem aumentar.

Segundo a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, consumidores gastarão 40% a mais neste Natal em compras pela internet. Para o varejo, o faturamento deve superar R$ 15 bilhões em 2010 e a previsão de crescimento para o último trimestre é de R$ 3,3 bilhões.

No entanto, para realizar uma compra segura dentro da grande rede, é preciso tomar alguns cuidados. A advogada especialista em Direito do Consumidor e sócia da Advocacia Correa de Castro, Adriana D´Avila Oliveira, elaborou uma pequena lista dos itens que devem ser checados antes de comprar pela internet:  

1º) De quem é seguro comprar: o ideal é comprar em sites conhecidos ou indicados por amigos. Não sendo possível utilizar este recurso, o consumidor deve fazer uma pesquisa rápida do CNPJ do fornecedor, que pode ser consultado através do link: https://registro.br/cgi-bin/nicbr/whois?qr= . Após a obtenção do número do CNPJ, o consumidor deve verificar a existência e situação de regularidade da empresa através de consulta ao site da receita federal, qual seja, http://www.receita.fazenda.gov.br/Pe...olicitacao.asp

2º) Verificação de segurança do site: O primeiro cuidado que se deve ter na compra de produtos e até mesmo serviços pela internet é a segurança do site. O Consumidor deve verificar:- se o fornecedor possui reclamações através de consulta a página www.reclameaqui.net;   - se o site oferece indicação e características do produto (cor, dimensões, forma, estado, etc...).

Todas as ofertas devem conter também informações sobre o tamanho e peso, vez que estes dados alteram significativamente o custo do frete. - se o pagamento pode ser feito via boleto bancário ou cartão de crédito. Não negocie com fornecedores que só aceitam depósito em conta corrente, especialmente, se o titular for uma pessoa física. - se o site oferece acompanhamento do pedido e entrega via internet; 

3º) Compra apenas com nota fiscal -  Todo e qualquer produto deve ser vendido com nota fiscal.  

4º) Forma e prazo de entrega - Preste muita atenção na forma e prazo de entrega e desconfie de um fornecedor que oferece o mesmo prazo e/ou valor de frete para todos os produtos.  

5º) Salve (print-screens das telas) ou imprima os comprovantes  – após ter vencido todos os passos e na hipótese de optar por finalizar a aquisição do produto ou serviço, salve (print-screens) ou imprima todos os comprovantes da compra realizada. Guarde estes documentos até que você tenha recebido, testado e utilizado o  produto ou serviço, ao menos por 5 (cinco anos), pois embora a garantia contratual seja menor, existe a garantia legal sobre vicios ocultos, que poder ocorrer em maior período de tempo.

Fonte: IEME Comunicação - 07/12/2010

Voltar

Contacto

Marcio Lino

3422-9180 / 3035-1257

Área de atuação

Questionário

Você já foi vítima de assédio moral no trabalho

Total de votos: 115

© 2010 Todos os direitos reservados a Campos e Lino Advocacia

Crie o seu site grátisWebnode